Neste seu trabalho Alain de Benoist contesta radicalmente a legitimidade teórica, política e moral do conceito de guerra justa contra o terrorismo global. Demonstra como este podia ser remetido às suas dimensões mais simples e naturais que permitiriam combatê-lo sem o alimentar. Relaciona-o com o fenómeno, tipicamente moderno, da criminalização do inimigo, segundo a análise de Carl Schmitt, cuja actualidade é apurada por Benoist. O terrorismo, com efeito, não tem apenas raízes islâmicas, mas igualmente ocidentais e até estatais. De facto a globalização do terrorismo lembra irresistivelmente as teses de Schmitt na sua Teoria da Guerrilha . O autor chega à conclusão de que o globalitarismo americano contém um perigo mortal para o mundo moderno, ao ocultar a origem do elemento político e conflitual na vida do homem. Consequentemente um planeta definitivamente pacificado pela hegemonia benévola dos Estados Unidos da América pode vir a produzir uma guerra civil mundial sem fim e de proporções catastróficas.

  • Formato: PDF
  • Protección: Adobe DRM
  • Limitaciones: Copiar y Pegar: Prohibido / Imprimir: Permitido
  • Editorial: ANTAGONISTA EDITORA
  • Paginas: 157
  • Edición: 2009
  • Idioma: Portugués
  • ISBN 9789898336149

Ultimos vistos

El blog de boutique

La imprenta mayúscula para primeros lectores

Acompañar el desarrollo de las competencias de un primer lector implica considerar especialmente los disti.. Seguir Leyendo
Desarrollado integral del sitio: TAP