Esta obra surgiu da necessidade de avaliar realidades actuais e procurar respostas, na perspectiva da interligação verificada entre a crise social e a crise ambiental. Emergiu da perspectiva de que a realidade social (como a natural) não é nem será nunca estática. E de que a actual globalização económica é insustentável, em termos ambientais e sociais: não considera a interligação estreita entre a humanidade e o ambiente natural (que formam um todo e como um todo têm de evoluir) e menospreza dinâmicas sociais (não dá resposta às necessidades básicas de cada ser humano, nem às suas necessidades de realização), ao assentar num modelo redutor de crescimento económico. Estamos hoje, avaliou-se, perante um ponto de bifurcação. A nossa sociedade decai, nas armadilhas da crise actual (social e ambiental), ou emerge em novas formas de ordem. São necessárias mudanças, que se esboçam, a pensar e implementar. Assumindo a actual orientação possível, concluiu-se, de sociedades sustentáveis e solidárias. Inclui entrevistas a: Cristovam Buarque, Eugénio Rosa, Pedro Ferraz de Abreu, Rogério Roque Amaro, Sony Kapoor e Viriato Soromenho-Marques. Edgar Silva é deputado na Assembleia Legislativa Regional da Madeira, nasceu em 1962 no Funchal, onde estudou até ao final do 11º ano. Em 1980-82 frequentou o Seminário de Almada tendo, depois, estado no Seminário dos Olivais (Lisboa) e na Universidade Católica Portuguesa (Lisboa), onde fez a licenciatura em Teologia e frequentou o curso de mestrado em Teologia Sistemática, concluído em 1987. Quando, nesse ano, regressou ao Funchal, foi nomeado para a equipa de coordenação do Seminário do Funchal. Foi professor de Teologia na Univerdade Católica Portuguesa, delegação do Funchal, responsável pelo MAC - Movimento de Acção das Crianças, na Madeira e, entre 1987-1994, foi Assistente dos Movimentos da Acção Católica (Movimentos dos Educadores Católicos, Movimentos dos Estudantes Católicos). Em 1993 foi nomeado pela Conferência Episcopal Portuguesa para o cargo de Assistente Nacional do MCE (Movimento Católico de Estudantes), em Lisboa. Em 1996 regressou à Madeira como objector de consciência para o cumprimento do serviço cívico no trabalho com crianças de rua e foi candidato independente nas listas da CDU à Assembleia Legislativa Regional da Madeira, tendo sido eleito deputado regional pela primeira vez. Sofia Gomes Vilarigues, nascida a 1 de Novembro de 1971, natural de Paris - França, licenciada em Engenharia do Ambiente pela Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade Nova de Lisboa. É consultora na área do ambiente e, no campo do jornalismo ambiental e social, tem colaborado com diversas publicações, tais como Fórum Ambiente, Cadernos de Educação Ambiental, Ozono, Ambiente 21, Água e Ambiente, Escola Informação, Mais Ambiente, Contacto Verde (edição), Jornal Quercus Ambiente.

  • Formato: PDF
  • Protección: Adobe DRM
  • Limitaciones: Copiar y Pegar: Prohibido / Imprimir: Permitido
  • Editorial: ANTAGONISTA EDITORA
  • Paginas: 185
  • Edición: 2011
  • Idioma: Portugués
  • ISBN 9789898336224

Ultimos vistos

El blog de boutique

Cuando me siento a escribir...

Cuando me siento a escribir, siempre comienzo creando el mundo (o, en el caso de la saga Zodíaco, los mund.. Seguir Leyendo
Desarrollado integral del sitio: TAP